Inspirações e modelos de mochila Wöllner

A mochila é o produto que mais sentimos orgulho do nosso universo. Por isso, a Luiza Mussnich (@luizamussnich) vai mostrar um pouco da história desse elemento tão importante do nosso dia a dia e dizer de onde vem a inspiração de continuarmos sendo referência nesse ramo.

Pense em itens essenciais para o seu dia a dia. Eles certamente não cabem apenas nas palmas das suas mãos.

A ideia de carregar coisas acompanha o homem ao longo de sua história. Surgido em algum momento remoto no continente africano e originalmente feito de remendos de peles de animais, o precursor da mochila transportava água, comida e mesmo descendentes amarrados nas costas.

Em 1938, o americano Gerry Outdoors criou a primeira mochila com zíper. O item era usado para caminhadas e atividades montanhosas ou simplesmente ao ar livre. Nas décadas seguintes, as mochilas também começaram a ser usadas por crianças em escolas.

Tudo mudou quando a primeira mochila lightweight de nylon foi criada, em 1967, no mesmo ano em que a JanSport abriu sua primeira loja. Outdoors também reivindica a criação desse item crucial à nossa vida até hoje.

Há trinta anos, Lauro Wöllner, sócio fundador da Wöllner, foi até Nevada, nos Estados Unidos, para uma feira sobre inovações outdoor no ramo do varejo. Lá, entendeu com grandes marcas especializadas, os detalhes de uma mochila pensada para esportes ao ar livre. “Eu queria saber mais sobre a resistência e volumetria das mochilas feitas lá para adaptá-las para o mercado urbano, pensando na versatilidade do cliente Wöllner”, lembra.

Foram muitos modelos desde o primeiro exemplar da marca, sempre atualizando o design e o visual das mochilas.

A Wöllner lança, esse ano, as linhas King, uma mochila escolar mais encorpada, e Arpex, uma novidade da linha outdoor, com uma cara diferente, mas a mesma funcionalidade da New Ipanema (foto acima), a queridinha dos aventureiros urbanos. Abaixo Mochila Arpex e Bolsa Cross, respectivamente.

 

Deixe um comentário

Share This