Formas de amar

Foto: @ocaiogomes e @jamilecardoso_ por @guileporace

 

Com o Dia dos Namorados chegando, dica boa nunca é demais! @luizamussnich nos trouxe algumas ideias, confira!

Já parou para pensar como seu par é importante na sua vida e por quê? O dia doze de junho, dia dos namorados brasileiro, é uma boa oportunidade para fazer esse exercício: sair do automático dos dias e curtir seu parceiro.

Não que o amor não deva ser celebrado todos os dias, mas a existência de uma data no calendário é uma boa desculpa para relembrar as razões pelas quais você escolheu dividir seu tempo — o ativo mais valioso do mundo hoje — e a vida com uma única pessoa (* no caso do poliamor esse número varia!).

Num mundo hiperconectado e em que as próprias relações amorosas estão se transformando, vamos refletir sobre o afeto e as formas de amar?

O sociólogo polonês que se tornou popstar, Zymunt Bauman, morto em 2017, formulou, dentre muitos outros, o conceito de “amor líquido”, que analisa a fragilidade dos vínculos, um dos grandes temas da atualidade.

Na provocação de Bauman, até o amor entrou na lógica em que o parecer é valorizado, fazendo parte da descartabilidade da sociedade de consumo.

As redes sociais estão aí presentes na nossa vida e no dia a dia, mas não vamos esquecer que o amor acontece mesmo quando ninguém está olhando 😉

Nesse dia dos namorados, que tal deixar o virtual um pouco de lado, aproveitar para fazer um programa diferente com seu amor e construir memória?

E por que não marcar esse momento especial com um presente?

Abaixo, algumas dicas para fazer bonito:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Share This