Lugares escondidos no Rio de Janeiro que você precisa conhecer

Lugares escondidos no Rio de Janeiro

Morar no Rio de Janeiro tem muitas qualidades: as praias próximas ao metrô, as diferentes possibilidades de trilhas, as cachoeiras deslumbrantes, o bar depois de um dia de sol. Entretanto, especialmente se estivermos em pleno verão, pode ser um pouco difícil usufruir de tudo isso. Afinal, sabemos que Copacabana e Ipanema podem abrigar um mar de gente na areia, certo?

É por isso que decidimos explorar aqui outros pontos de vista, lugares escondidos que não são necessariamente cartões postais e, portanto, acolhem uma quantidade menor de pessoas. Essas dicas são ótimas para quem procura um programa diferente para o final de semana e não sabe por onde começar.

Continue lendo e anote na agenda os lugares que quer conhecer!

Praia do Secreto

Lugares escondidos no Rio de Janeiro que você precisa conhecer
Apesar de não ser mais tão secreta assim, a visita ainda vale muito a pena. Muito mais uma piscina natural que uma praia propriamente dita, a Praia do Secreto se localiza entre a Praia do Recreio e a Prainha.

O acesso se dá exatamente por uma dessas praias, através de uma trilha leve de cinco minutos. É importante ressaltar que a trilha inclui uma descida bem íngreme, então vá com calma e cuidado.

É possível ir de carro ou ônibus. Caso opte por carro, lembre-se de ir cedo, pois há limite de entrada no Mirante da Prainha e, se chegar tarde, há o risco de não conseguir estacionar.

Parque das Ruínas

Lugares escondidos no Rio de Janeiro que você precisa conhecer
Espaço ligado à Prefeitura do Rio, é um centro cultural voltado à produção e difusão de expressões artísticas. Ele abraça as artes visuais e cênicas, além da música, dança e cinema. Não é incomum descobrir que seu artista brasileiro favorito vai fazer um show lá.

Sua função de promover culturalmente a cidade vem se tornando cada vez mais forte e, hoje, o Parque das Ruínas ainda propõe palestras e oficinas tanto para iniciação quanto qualificação de profissionais.

Ele é composto por teatro, galerias de exposição, jardins amplos, um mirante com vista para o Centro e a Lapa, palco externo e terraços panorâmicos. Fica em Santa Tereza, e pode ser acessado de carro, táxi, ônibus ou pelo próprio bonde (que se pega na Carioca).

Ilhas Tijucas

Lugares escondidos no Rio de Janeiro que você precisa conhecer
Localizadas entre São Conrado e Barra da Tijuca, são duas ilhas pequenas que atraem praticantes de SUP e pessoas atrás de um refúgio em meio à cidade. É possível chegar nelas também por barco, em um passeio de até 10 minutos.

É um ótimo lugar para quem quer mergulhar, pois oferece uma incrível fauna marinha. Você também pode aproveitar para pegar sol, passear pelas ilhas e descansar.

Cachoeira do Horto

Lugares escondidos no Rio de Janeiro que você precisa conhecer
Refúgio dos cariocas, fica dentro do Parque Nacional da Tijuca e oferece trilhas de dificuldade moderada. É possível acessar três partes da cachoeira: a final, que exige apenas a subida até ela através do Parque; a do meio, localizada logo após a trilha; e o início, que pede que se continue na trilha por mais um tempo.

Como em qualquer cachoeira, é muito importante verificar o clima e evitar caso haja previsão de chuva. Outra dica importante é evitar ir aos domingos, pois é o dia mais cheio e o passeio fica um pouco mais estressante. Vá de tênis, tome cuidado com as pedras escorregadias e aproveite!

Importante: é comum levar tecido para prender às árvores e praticar um pouco de tecido acrobático com uma vista espetacular.

Ilha da Gigóia

Lugares escondidos no Rio de Janeiro que você precisa conhecer
Faz parte do arquipélago de dez ilhotas entre a Lagoa de Marapendi, da Tijuca e de Jacarepaguá. É possível almoçar nos restaurantes e bares da ilha, conferir shows de artistas independentes e apreciar um visual único.

O acesso é perto da saída da estação Jardim Oceânico do metrô e através de uma travessia que custa mais ou menos R$5,00. O passeio pela ilha dura cerca de 20 minutos, passando por casinhas nas quais não circulam carros.

Para quem curte esporte, é possível explorar a região por SUP, bike aquática, caiaque, jet ski, wakeboard ou flyboard. Foto por Somando Destinos.

Restinga de Marambaia

Lugares escondidos no Rio de Janeiro
Localizada em Barra de Guaratiba, na zona oeste do Rio de Janeiro, a região de natureza preservada é um diferencial espetacular. A única questão é que, para acessá-la, é preciso autorização, já que a Marinha do Brasil administra a área.

São 42km de praia e, para chegar lá, é preciso contornar montanhas de mata atlântica e passar por casinhas antigas. O almoço pode ficar por conta de restaurantes com frutos do mar (ainda que seja preciso checar a qualidade). A foto foi tirada por Diego Baravelli.

Praia do Perigoso

Lugares escondidos no Rio de Janeiro
Conhecida por ser um refúgio selvagem entre Barra de Guaratiba e Grumari, só é possível chegar nela por trilha ou barco. Procurada por surfistas, famílias e grupos de amigos, possui uma paisagem deslumbrante e um clima tranquilo.

Pode-se ir de carro ou ônibus até Barra de Guaratiba, entrar no acesso da Rua Parlon Siqueira (na Praia do Canto) e estacionar. A trilha começa no final da rua, com aproximadamente 1,5km.

Como podemos ver, a Cidade Maravilhosa é muito mais que apenas os lugares comuns. Ela pode ser calma, exclusiva, natural, aventureira e sempre é possível encontrar alguma atividade diferente. Versátil, basta você escolher o que quer fazer no dia.

Para conhecer outras dicas, não deixe de checar nossa lista de 7 lugares para conhecer no Rio de Janeiro!

Tags:
Deixe um comentário

Share This