Entenda a importância do autoconhecimento para a sua vida

A busca por uma melhor qualidade de vida está relacionada a um maior entendimento do nosso próprio “eu”. Isso porque, quando reconhecemos nossos padrões de comportamento, sentimentos, emoções (negativas e positivas) e desejos, somos capazes de usar esses recursos a nosso favor.

A importância do autoconhecimento está atrelada a essa procura por um equilíbrio maior em tudo o que fazemos. Quando agimos e definimos nossas escolhas com base nos nossos verdadeiros anseios, temos mais segurança para tomarmos decisões acertadas.

E isso só é possível com o autoconhecimento. No post de hoje, vamos explicar como essa habilidade é capaz de transformar e melhorar a vida pessoal e profissional de qualquer pessoa. Gostou? Então, continue a leitura para saber mais! 

O que significa esse conceito?

Diversas linhas de pesquisa podem ajudar a definir o conceito de autoconhecimento. De forma geral, trata-se da capacidade de tomar consciência dos diversos tipos de emoções e pensamentos que regem nossos posicionamentos e ações.

O termo também se refere à habilidade de identificar esses padrões, entender os motivos por trás de nossas atitudes (especialmente das reações “automáticas” que temos frente a diversas situações) e saber gerenciá-los, para tirarmos proveito deles da melhor forma. 

Qual a importância do autoconhecimento?

O autoconhecimento é de grande importância tanto na vida pessoal quanto na profissional. Quem se conhece sabe identificar suas emoções e seus sentimentos mais rapidamente, o que facilita pontos como:

  • a tomada de decisões;
  • o reconhecimento de padrões de comportamento (e a capacidade de trabalhar para melhorá-los);
  • a melhora das relações interpessoais.

Ao desenvolver essa capacidade de se observar, de saber o que deseja e de reconhecer seus limites, você consegue trabalhar melhor para buscar satisfação em seus relacionamentos e consigo mesmo. No campo profissional, o autoconhecimento nos ajuda a entender não só o que desejamos em nossa carreira, mas como nos portamos no ambiente de trabalho.

Também nos tornamos capazes de detectar nossos pontos fortes, os aspectos que devem ser aprimorados e que tipo de situação nos deixa desconfortáveis ou abertos, entre outros benefícios. É o autoconhecimento que traz a sensação de estarmos no caminho certo, pois passamos a ouvir nossa intuição, ajustando nossas decisões e escolhas.

Como buscá-lo

O principal caminho é a interiorização, isto é, voltar-se para o seu próprio interior. Em um primeiro momento, pode ser difícil alcançar certa profundidade em relação a si mesmo, especialmente porque não somos estimulados, em nosso dia a dia, a buscar por esse lado mais enraizado de nossa personalidade.

Mas, então, como podemos fazer isso? Há várias maneiras — e muitas delas podem ser alcançadas por meio de métodos desenvolvidos justamente com esse propósito. Veja mais sobre o assunto no próximo tópico!

Existem ferramentas para alcançá-lo?

Sim, existem inúmeras técnicas, das mais diversas áreas de pesquisa (Psicologia, Antropologia, Filosofia, Medicina Alternativa), para buscar o autoconhecimento. Listamos, abaixo, algumas delas para você se inspirar:

Entre em contato com a natureza

Ficar em meio à natureza ou praticar alguma atividade esportiva ao ar livre ajuda você a se reconectar consigo mesmo. Além disso, ao fazer exercícios outdoor, é possível extrair dos desafios da prática lições e aprendizados para si mesmo.

Busque algum tipo de terapia

Orientadas por psicólogos, as terapias são formas sistemáticas de buscar o autoconhecimento. Como existem diferentes linhas (psicanálise, cognitiva-comportamental, entre outras), procure se informar e opte pela modalidade que tem mais a ver com você.

Leia livros sobre diferentes assuntos

Livros nos ajudam a ter insights valiosos sobre a maneira como pensamos, nos emocionamos e vivenciamos as diversas circunstâncias do cotidiano. Além disso, ao entrar em contato com a história de outra pessoa, é possível enxergar as situações a partir de novas óticas.

Livros de autoajuda também são boas opções. Embora pareçam bobagem, eles podem conter indicações importantes para quem está em um processo de autoconhecimento. 

Explore métodos para conhecer sua personalidade

Um dos mais conhecidos é o “16 personalidades”. Esse teste lista 16 tipos diferentes de personalidade, que combinam 8 características básicas:

  • introvertido/extrovertido;
  • intuição/sensação;
  • pensante/sentimento;
  • julgador/percepção. 

Ler o perfil inteiro do teste ajuda no entendimento de como fazemos escolhas e de como costuma ser nosso comportamento inato, instintivo.

Ouça feedbacks

Embora seja uma espécie de “percepção de outra pessoa” sobre você, o feedback também é interessante como uma ferramenta de autoconhecimento. Por meio dele, você pode vir a conhecer seus pontos fortes e suas limitações a partir da observação de um interlocutor. Aproveite a oportunidade de refletir sobre o feedback e faça as mudanças que considerar necessárias.

Não tenha medo do ócio

A sociedade em que vivemos glorifica e costuma enaltecer quem vive sempre ocupado, resolvendo problemas, se estressando. Por isso, dificilmente tiramos um tempo para nos dedicarmos ao ócio, sem culpa.

O tempo livre tem o poder de relaxar nossa mente. E é nesse momento que conseguimos aprofundar nossa reflexão sobre quem somos, como pensamos, por que sentimos o que sentimos e o que precisamos (ou queremos) mudar.

Medite

Com diversas variações, a meditação é uma maneira de adquirir clareza e autoconhecimento sobre a própria vida. A prática tem sido adotada inclusive por companhias — como uma forma de estimular a disposição e a qualidade de vida dos funcionários.

Faça atividades criativas

As atividades criativas (pintar, escrever, desenhar, esculpir, compor músicas) permitem que o indivíduo mergulhe em si próprio, entendendo melhor sua personalidade. É também por meio desses processos que as pessoas conseguem aprender a lidar com seus instintos e a ouvir suas intuições.

Pense sobre quais atividades criativas poderiam interessá-lo e tente praticá-las sempre que for possível. Entender a importância do autoconhecimento na vida pessoal e profissional é um passo importante na busca por saúde mental e qualidade de vida.

Ao tomar consciência de seus desejos, medos, frustrações, conquistas, inseguranças e crenças, você se torna mais equilibrado e poderoso. Afinal, seu discernimento acerca de si mesmo fica mais apurado e você é capaz de tomar decisões com mais confiança. Portanto, busque o autoconhecimento para seu próprio desenvolvimento pessoal!

E então? Agora você consegue enxergar melhor a importância do autoconhecimento? Tem alguma experiência com esse tema para contar? Compartilhe com a gente nos comentários!

Blog Comments

vcs recomendam algum local para a prática de meditação?
obrigado.

O ideal é arranjar um local calmo e ao ar livre. Existem alguns lugares que valem a pena visitar para meditar:
– Parque Natural Municipal Bosque da Barra
– Jardim Botânico
– Vista Chinesa
– Cume da Pedra Bonita
– Praia do Arpoador
– Parque Lage
– Lagoa Rodrigo de Freitas

Deixe um comentário

Share This