Em memória de Valentim

Sabemos que no Brasil, comemoramos o dia dos Namorados no dia 12/06, mas não podemos deixar de seguir a tradição do resto do mundo e lembrar de São Valentim. Portanto, a Luiza Mussnich (@luizamussnich) vai nos dar dicas de lugares para surpreender seu(a) companheiro(a):

 

Somos um dos poucos países que não comemora o “Dia dos Namorados” em 14 de fevereiro, Dia de São Valentim.

Há algumas versões para a história. A mais popular é a de que ele, um padre romano, teria desobedecido ordens do imperador Claudio II, que acreditava que homens casados se tornavam piores soldados. Contrário ao imperador, Valentim começou a burlar a lei e realizar casamentos secretos. Quando sua prática foi descoberta, no ano de 270, o padre foi preso e condenado à morte. No dia da sentença, ele, que havia se apaixonado pela filha do carcereiro, enviou uma carta de amor à moça.

Dois séculos depois, em 496, começou-se a comemorar o dia dos namorados em homenagem a São Valentim.

Ao contrário do que muitos pensam, a razão de a data no Brasil não coincidir com o dia quase universal dos namorados não é uma homenagem direta a Santo Antônio, santo casamenteiro, cujo dia se comemora em 13 de junho. Mas uma estratégia de consumo.

Desde 1948, comemora-se por aqui o dia dos namorados no mês de junho. A ideia veio do publicitário João Dória, pai do atual governador de São Paulo, para melhorar os resultados das vendas de lojas nessa época do ano.

Mas, aproveitando que, aqui, podemos comemorar duas vezes, aí vai um roteiro com ideias de programas para seguir faça chuva ou faça sol, hoje ou no fim de semana ou quando der na telha:

 

  • Prédios Art Deco em Copacabana

O bairro de Copacabana foi o maior expoente da cidade em construções Art Deco. Para fãs de caminhadas e do estilo arquitetônico, cujo apogeu se deu nos anos 1920, vale seguir esse roteiro: https://oglobo.globo.com/economia/imoveis/um-passeio-pelo-art-deco-em-copacabana-2787586

Depois do passeio, almoce no Cervantes, Pavão Azul ou Adega Pérola.

 

 

  • Ilha da Gigoia

Às margens da Lagoa da Tijuca, a Ilha da Gigoia ainda é um destino pouco conhecido pelo carioca. Não passam carros pelas vielas e é possível acessar o local numa caminhada de 20 minutos ou fazendo a travessia de chalana. Há muitos restaurantes e bares, dentre eles o Bar do Cícero.

 

 

 

 

 

  • Ilhas Cagarras

Há algumas operadoras que fazem passeios às Ilhas Cagarras, onde se pode ver golfinhos, tartarugas, mergulhar e apreciar a bonita vista da Orla. Na volta, pare na mureta do Bar Urca para comer um pastel de siri e apreciar a vista da Baía de Guanabara.

 

 

  • Instituto Moreira Salles

Visitar uma exposição no IMS, cuja casa por si só, expoente da arquitetura dos anos 1950, já é uma atração. Depois, continue por ali e faça um híbrido de café da manhã com almoço no Empório Jardim.

 

 

  • Livraria Folha Seca

Muito mais que uma livraria, a Folha Seca, situada na Rua do Ouvidor, é um ponto de encontro, um local frequentado por acadêmicos, artistas, compositores e boêmios.

Aos sábados, bares e restaurantes povoam as calçadas e tudo acaba em samba — literalmente.

 

 

  • Sítio Burle Marx

O Sítio foi residência do artista e paisagista Roberto Burle Marx de 1973 até 1994, ano de sua morte. O local, situado na zona oeste da cidade e vinculado ao Iphan, é também centro de estudos de paisagismo, botânica e conservação. De lá, você pode fazer um passeio de Stand up paddle pela restinga da Marambaia e almoçar no Bira ou no La Table de Marambaia.

 

  • Casa Roberto Marinho

Inaugurada a menos de um ano, a Casa Roberto Marinho, no Cosme Velho, conta com obras de importantes artistas brasileiros como Alfredo Volpi, Tarsila o Amaral, Cícero Dias, Candido Portinari, Leda Catunga e Tomie Ohtake.

 

 

  • Pedalinho da Lagoa Rodrigo de Freitas

Para aproveitar os últimos dias de horário de verão, alugue um pedalinho para aproveitar o por do sol e o silêncio da Lagoa depois coma no Palaphitas.

 

 

  • Chez Georges

Alugue uma suíte no Chez Georges, vila de poucos quartos em Santa Teresa com vista da Baía de Guanabara para curtir uma noite especial.

 

 

 

 

Deixe um comentário

Share This