5 lugares para curtir uma viagem de autoconhecimento

  • Home
  • Viagens
  • 5 lugares para curtir uma viagem de autoconhecimento

A busca pelo autoconhecimento é primordial para muitas pessoas. Conhecer a si mesmo, entender o outro e o sentido da vida e conseguir elevar seus níveis de respeito e tolerância são objetivos comuns entre aqueles que cultivam esse tipo de pensamento. Uma das formas de atingir essas metas é por meio de jornadas que ajudam as pessoas a se encontrarem.

Muitas vezes, partir em busca do entendimento é necessário para chegar a certos níveis de ponderação. Sair da sua rotina e buscar um momento reflexivo pode parecer uma atitude difícil de tomar, porém, essas viagens são importantes para que possamos encontrar a solução para nossos maiores e mais essenciais questionamentos.

A viagem de autoconhecimento pode ser feita por qualquer pessoa: basta que ela busque esse tipo de reflexão. Quando estamos na fase da vida em que tentamos atingir outro nível de contemplação sobre as questões em torno da existência do nosso ser, encarar essa experiência pode ser uma ótima forma de nos ajudar a atingir esse momento.

Ficou interessado? Confira alguns destinos no Brasil e em outros lugares do mundo, que podem promover nessa jornada!

1. A busca pela reflexão no hinduísmo

Nas raízes da milenar cultura indiana, o hinduísmo é uma religião que propõe que as pessoas se libertem da reencarnação e cheguem ao nirvana, o paraíso. Para chegar a esse estado, os seguidores devem recitar mantras e realizar a meditação em busca de concentração, reflexão e do entendimento de si. Os mantras são sons sagrados que, ao serem pronunciados, ajudam as pessoas a chegar ao estado meditativo. Essa é a forma de se conectar consigo mesmo e com a sua própria natureza.

A reencarnação é trazida pelos hindus como forma de buscar em cada vida a melhoria do seu espírito até atingir a autorrealização e a libertação desse ciclo. Ir à Índia, também, possibilita conhecer as diferenças de costumes desse povo, ver como as pessoas vivem e refletir sobre a forma como eles lidam com as questões relacionadas ao autoconhecimento, baseadas nos ensinamentos religiosos.

2. A viagem de autoconhecimento no sul do Brasil

Em meio às Serras Catarinenses, a região de altitude possui o clima ideal para entrar em contato com a natureza. Perfeita para o turismo rural, a região dispõe de chalés, os quais as pessoas podem se afastar da cidade.

O local possui o cenário perfeito para ter conversas reflexivas e buscar o seu próprio entendimento com a companhia de outras pessoas. Estar em meio à natureza e longe da tecnologia evita que as pessoas se distraiam e foquem em seus objetivos.

Aproveite o momento ao ar livre, faça trilhas e desconecte-se de tudo que traz preocupação a você!

3. O momento de pensar no cenário árido

O deserto mais alto e seco do mundo pode levar a momentos de reflexão sobre a sua vida. O Deserto do Atacama é propício para ver o pôr do sol e admirar a beleza da vida. Além disso, essa é uma região ideal para observar as estrelas à noite. A imensidão da cordilheira promove um cenário incrível para observar, pensar e contemplar toda a energia do local.

A região é cheia opostos. Em meio a paisagem desértica e extensas faixas de areia é possível encontrar lagunas, gêiseres, vulcões, neve e montanhas. Além disso, a temperatura pode variar muito. As situações de extremos contrastes podem promover em você um momento de introspecção, que pode resultar em reflexões acerca da vida, atitudes, pensamentos e valores.

4. O contato com o eu interior em meio ao ar livre

Localizado ao norte da cordilheira do Himalaia, o Tibet é lar da montanha mais alta do planeta, o Monte Everest. Em meio à natureza, o país é um dos mais religiosos do mundo e uma de suas principais religiões é o budismo.

A vertente praticada no Tibet tem como meta a jornada solitária em busca do progresso espiritual. Como no hinduísmo, o budismo também utiliza das técnicas de meditação para encontrar o caminho individual para a compreensão de uma determinada situação da sua vida ou dos seus objetivos.

5. A meditação na terra de Buda

Outro destino na Ásia que pode ser escolhido quando se fala na busca pela espiritualidade é o Nepal. O país é o berço de Buda e, por isso, é um destino sagrado de peregrinação, no qual os budistas buscam se conectar a energia e aos poderes dos seres sagrados. No Nepal, também é possível encontrar templos em que as pessoas podem ter momentos de paz e praticar a meditação.

Um dos lugares mais antigos e importantes, quando falamos sobre o budismo no Nepal, é a capital, Katmandu. Famosa por sua arquitetura, templos e monastérios, a cidade, além de abrigar os budistas, também acomoda o templo hindu em suas redondezas.

É por isso que viajar e conhecer outras culturas pode nos estimular a entender como as pessoas desses países lidam com as questões que estão relacionadas à busca do caminho para se conhecer melhor. ​

Embarcar em uma dessas aventuras pode ser uma boa forma de fortalecer o corpo e a mente. As viagens de autoconhecimento são essenciais para abrir o coração para o novo e, ao mesmo tempo, nos ajuda a conhecer e a repensar os nossos valores.

Aprender a confiar em si mesmo e descobrir que somos agentes do nosso próprio destino, nos leva a fazer inúmeras reflexões sobre as nossas atitudes. Muitos dos destinos nos promovem o encontro com a paz interior e a vivência — mesmo que por pouco tempo — com outras culturas que têm muitos ensinamentos a propagar sobre a vida.

Quando chegar ao destino escolhido, observe ao seu redor e preste atenção em tudo o que se encontra no local. Sinta o sol na sua pele, o vento em seu rosto e aprecie todas as maravilhas que estão lá. A ideia de ir atrás do autoconhecimento, ao mesmo tempo, influencia na forma como vemos o mundo.

Gostou do texto? Deixe um comentário com outros destinos que você conheça e que também podem prover esse tipo de viagem!

Tags:
Blog Comments

[…] Se você se interessou por este post, leia também o nosso texto sobre 5 lugares para curtir uma viagem de autoconhecimento! […]

Deixe um comentário

Share This